Yoga Net > Glossário do Yoga > S


Blog Yoga Net


S | Glossário do Yoga


| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | X | Y | Z |

SA-ÂNANDA-SAMÂPATTI - coincidir com a bem-aventurança; experiência da bem-aventurança como resultado da prática de "limitação" extática nos órgãos sensoriais.


SA-ASMITÂ-SAMÂPATTI - coincidir com o estado eu-sou; experiência extática de estar presente, sem qualquer outro conteúdo mental.


SABÎJA-SAMÂDHI - êxtase com semente; no Yoga Clássico, nome técnico para vários tipos de êxtase consciente.


SAC-CID-ÂNANDA - existência, consciência, bem-aventurança; os três aspectos essenciais do Absoluto, como é ensinado na tradição Vedânta.


SADÂ-SHIVA - Shiva Eterno; um dos muitos nomes de Shiva como Realidade suprema.


SAD-GURU - verdadeiro mestre; um autêntico mestre espiritual que seja iluminado ou que tenha realizado o Si Mesmo.


SÂDHAKA (masc.) ou SÂDHIKÂ (fem.) - realizador(a); designação tântrica para o praticante espiritual.


SÂDHANA ou SÂDHANÂ - meios de realização; o caminho espiritual, especialmente no Tantrismo, que leva a perfeição.


SÂDHU (masc.) ou SÂDHVÎ (fem.) - virtuoso(a); pessoa santa que pode ou não ser praticante de Yoga.


SAGARBHA-PRÂNÂYÂMA - controle da respiração com semente; prática de controle da respiração em conjunção com a recitação vocal ou mental de um bija-mantra.


SAGUNA-BRAHMAN - Absoluto qualificado; a dimensão fenomênica da Realidade, composta das três qualidades primárias da Natureza.


SAHAJA - inato; espontâneo; a idéia de que a liberdade não é externa a nós, mas nossa própria condição.


SAHAJA-KARMAN - ação espontânea; a ação que está em sintonia com a natureza essencial da pessoa.


SAHAJA-SAMÂDHI - êxtase espontâneo.


SAHAJOLÎ-MUDRÂ - selo de sahajolî; variação do vajrolî-mudrâ; consiste em lambuzar o corpo, depois da relação sexual, com uma mistura de água e cinzas obtidas pela queima de esterco de vaca.


SÂHASA - ousadia; um dos seis fatores que favorecem o Yoga.


SAHASRÂRA-CHAKRA - roda de mil raios; o centro mais alto de energia psicoespiritual do corpo que fica no topo da cabeça e é chamado também de "lótus de mil pétalas".


SAHITA-KUMBHAKA - retenção combinada; uma das oito espécies de controle da respiração.


SÂKSHÂT-KÂRANA ou SÂKSHÂT-kÂRA - sentir com os olhos; também conhecida como "percepção do yogin; a percepção não-medida das coisas, no estado de êxtase.


SÂKSHIN - testemunha; designação comum para o Si Mesmo transcendente.


SAMA - mesmo ou igual; expressão muito usada no Bhagavad-Gitâ, onde aparece sozinha e em conjunção com substantivos.


SAMA-BUDDHI - equanimidade; atitude de distanciamento interior pela qual o yogin olha um torrão de terra ou um punhado de ouro com a mesma tranquilidade.


SAMA-CITTATVA - sinônimo de sama-buddhi.


SAMA-DARSHANA - visão inalterável; visão do mesmo; o estado da pessoa que vê o Si Mesmo em tudo.


SAMÂDHÂNA - calma; sinônimo de samâdhi.


SAMÂDHI - êxtase; o "membro" final do caminho yogue.


SAMA-DRISHTI - sinônimo de sama-darshana.


SAMA-KÂYA - corpo inalterável; um dos resultados do Yoga correto e um dos sinais (cihna) positivos.


SAMÂNA - uma das principais correntes da força vital que permeia todos os membros e é responsável por nutrir o corpo distribuindo alimento como rasa.


SAMÂPATTI - coincidência; no Yoga Clássico, identificação extática com o objeto da contemplação; nesse sentido, é sinônimo de samâdhi, ou seu processo subjacente.


SAMA-RASA - essência inalterável; equilibração; o processo e o estado de ressoar corporalmente em harmonia com o Divino.


SAMA-RASATVA - equilíbrio; sinônimo de sama-rasa.


SAMA-SAMSTHÂNA - posição inalterável; postura (âsana) mencionada no Yoga-Bhâshya.


SAMTVA ou SAMATÂ - inalterabilidade; equanimidade; um conceito importante no Bhagavad-Gîtâ que define Yoga como inalterabilidade.


SÂMA-VEDA - "Conhecimento dos Cânticos"; um dos quatro hinários védicos.


SAMHÂRA - retração; destruição do cosmos no final de um éon (kalpa); a dissolução dos elementos no decorrer da meditação, sendo neste caso sinônimo de laya.


SAMHITÂ - coleção; título dado a um gênero de obras sagradas da tradição do Vaishnavismo.


SAMKALPA - volição; intenção; fantasia.


SAMKATA-ÂSANA - postura crítica.


SÂMKHYA - numeração; forma arcaica de ontologia; seguidor do Sâmkhya; o nome deriva da enumeração das categorias da existência feita por autoridades.


SÂMKHYA-YOGA - abordagem espiritual baseada na compreensão da natureza da existência mundana e do Si Mesmo transcendente, como característica do Sâmkhya Pré-Clássico.


SAMNYÂSA - renúncia.


SAMNYÂSA-YOGA - Yoga da renúncia.


SAMNYÂSIN - renunciante; pessoa que nem odeia e nem deseja nada e que está acima dos "pares de opostos".


SAMPRAJNÂTA-SAMÂDHI - êxtase consciente.


SAMRAMBHA-YOGA - Yoga do ódio; na tradição Vaishnava, a forte emoção do ódio, assim como o amor, é vista às vezes como um meio de Realização do Si Mesmo.


SAMSÂRA - fluxo; o mundo fenomênico da mudança, que se contrapõe à Realidade transcendente ou em-si.


SAMSÂRIN - mundano; o ser ou psique que está preso no mundo, em constante mutação, de causação natural e moral.


SAMSHAYA - dúvida.


SAMSKÂRA - ativador; no sentido geral de "ritual", indica qualquer rito de passagem, como cerimônia de nascimento e casamento; no Yoga, se refere às margens indeléveis no subconsciente, deixadas pelas experiências diárias, sejam elas conscientes ou inconscientes.


SAMTOSHA - contentamento; é uma das práticas de autodisciplina do Yoga Clássico.


SANGA - apego.


SANKATA-ÂSANA - postura perigosa.


SARVA-ANGA-ÂSANA - postura de todos os membros.


SAT-SANGA - contato com o Real; a antiga prática de se associar a adeptos ou pessoas santas.


SATTÂ - estado de realidade; sinônimo de sattva.


SATTVA - estado de ser; "ser" em geral ou "um ser" em particular.


SATYA - verdade; veracidade.


SAUMANASYA - alegria.


SAURA-ÂSANA - postura solar.


SAVICÂRA-SAMÂPATTI - coincidência reflexiva; subtipo de êxtase consciente.


SAVIKALPA-SAMÂDHI - êxtase com forma; equivalente vedântico do samprajnâta-samâdhi yogue.


SAVITARKA-SAMÂPATTI - coincidência cogitativa; a forma inferior de êxtase consciente.


SEVÂ ou SEVANA - serviço


SHABDA - som.


SHABDA-BRAHMAN - Absoluto como o som; a base de todo o som, audível ou não-manifesto.


SHAITHILYA - relaxamento.


SHAKTI - poder; o princípio dinâmico e criativo da existência, feminino e personificado por Shakti, a divina consorte de Shiva; personificação da forma feminina do Divino.


SHAKTI-CALA ou SHAKTI-CÂLANA-MUDRÂ - selo que desperta o poder.


SHAKTI-PÂTA ou SHAKTI-NIPÂTA - descida do poder; transmissão de energia psicoespiritual do adepto para o discípulo.


SHALABHA-ÂSANA - postura do gafanhoto.


SHAMA - quietude.


SHÂMBHAVÎ-MUDRÂ - selo pertencente a Shambhu (Shiva).


SHANKARA - célebre preceptor de Advaita Vedânta, nascido provavelmente na vila de Kaladi, em Kerala, ao sul da Índia.


SHANKHINÎ-NÂDÎ - canal de madrepérola; um dos principais canais da força vital.


SHAN-MUKHÎ-MUDRÂ - selo das seis aberturas; consiste em bloquear os ouvidos, olhos e narinas com os dedos.


SHÂNTI - paz.


SHÂSTRA - ensinamento; livro didático.


SHAUCA - pureza; limpeza; uma das técnicas de autodisciplina, segundo o Yoga Clássico.


SHAVA-ÂSANA - postura do morto; sinônimo de mrita-âsana.


SHAYITA-TÂNA-ÂSANA - postura reclinada em alongamento.


SHIKHÂ - penacho; tufo; tufo de cabelo usado por alguns ascetas, imitando o cabelo de Shiva.


SHÎLA - disposição; comportamento.


SHÎRSHA-ÂSANA - postura da cabeça; a parada de cabeça descrita nos manuais modernos de Hatha Yoga.


SHISHYA - aluno; discípulo.


SHÎTALÎ - resfriamento; um dos oito tipos de controle da respiração ensinado no hatha yoga.


SHIVA - personificação da forma masculina e estática do Divino; a palavra significa "benevolente".


SHIVA-MANTRA - o mantra sagrado mais reverenciado do Shaivismo: om namah shivâya ou Om.


SHODASHA-CHAKRA - centro de dezesseis pétalas; conhecido como indu-chakra.


SHODHANA - limpar; limpeza; primeiro membro da disciplina sétupla.


SHOKA - aflição.


SHONITA - avermelhado; sinônimo de rajas, a secreção feminina.


SHOSHANA - dessecação; considerada a essência do ascetismo.


SHRADDHÂ - fé.


SHRAVANA - ouvir.


SHRÎ - abençoado; santo; um prefixo para nomes pessoais; um dos nomes da grande Deusa como consorte de Vishnu.


SHRÎ-CHAKRA - roda abençoada; outro nome de shrî-yantra.


SHRÎ-YANTRA - esquema abençoado; o mais conhecido yantra usado no Shaktismo hindu e no Budismo tântrico.


SHRUTA - aquilo que foi ouvido; sinônimo de tradição (âgama)


SHRUTI - revelação; forma feminina do particípio passado shruta.


SHUBHA-NÂDI - canal esplêndido; vai do bulbo (kanda) à glande do pênis.


SHUDDHI - pureza; purificação.


SHUKLA - branco; sinônimo de shukra (sêmen).


SHUKRA - sêmen.


SHÛNYA - vazio.


SHÛRA-NÂDI - canal valente; vai até o ponto entre as sobrancelhas.


SHVÂSA - inspiração.


SI MESMO TRANSCENDENTE - o âmago essencial do próprio ser; aquilo que na tradição cristã é conhecido como alma eterna.


SIDDHA - consumado; adepto; mestre espiritual considerado iluminado ou que alcançou a perfeição.


SIDDHA-ÂSANA - postura do adepto; postura de meditação.


SIDDHA-DARSHANA - visão dos adeptos.


SIDDHI - realização; feito; sucesso; perfeição; libertação; feito paranormal.


SIKHISMO - tradição espiritual que representa uma síntese entre a abordagem devocional (bhakti) do Hinduísmo e o misticismo do Sufismo Muçulmano.


SIMHA-ÂSANA - postura do leão.


SÎT-KARÎ - fazer o som sît; uma das formas básicas de controle da respiração.


SIVANANDA, SWAMI (1887-1963) - um dos grandes mestres modernos do Yoga.


SMARANA - recordação; lembrança do Divino, um dos aspectos do bhakti-yoga.


SMRITI - lembrar-se.


SNÂNA - banho.


SORUBA-SAMÂDHI - êxtase transformador; palavra tâmil que indica o estado espiritual elevado dos adeptos que conseguiram transubstanciar o corpo.


SPARSHA - toque; um dos sentidos cognitivos relacionado ao elemento água.


SPHURANA - pulsar; pulsação da força vital experimentada pelo yogin.


STAMBHA - interrupção; interrupção da respiração.


STHAIRYA - estabilidade; uma das práticas de observância moral.


STHÂNA - lugar; morada; sinônimo de desha.


STHÛLA - denso; o aspecto mais externo, visível e manterial de uma coisa.


STRÎ - mulher; considerada uma encarnação ou representação humana do aspecto feminino do Divino.


STYÂNA - preguiça.


SUDHÂ - bebida inebriante, principalmente álcool.


SUKHA - alegria; prazer; bem-estar.


SUKHA-ÂSANA - postura agradável.


SÛKSHMA - sutil; a dimensão interior ou psíquica da existência que não é visível aos olhos físicos mas que pode ser experimentada na meditação.


SÛKSHMA-SHARÎRA - corpo sutil; o complexo psicomental que, segundo a metafísica da Yoga, pode existir independentemente do corpo físico.


SÛRYA - sol; fenômeno esotérico ou estrutura anatômica sutil que fica na região do umbigo.


SÛRYA-BHEDA ou SÛRYA-BHEDANA - sol penetrante; um dos oito tipos de controle da respiração.


SÛRYA-NAMASKARA - saudação ao Sol; uma série de doze posturas dinâmicas descritas nos manuais contemporâneos de hatha yoga.


SUSHUMNÂ-NÂDÎ - canal mais gracioso; o canal central, através do qual a força vital flui do centro psicoenergético na base da coluna até o topo da cabeça.


SÛTRA - fio; cordão usado pelos membros masculinos das três classes sociais mais altas do Hinduísmo; um aforismo conciso que serve como artifício para memorizar os ensinamentos sagrados.


SVA-BHÂVA - próprio ser; a natureza interior da pessoa.


SVA-DHARMA - norma própria; lei ou ordem moral aplicada a si mesmo.


SVÂDHISHTHÂNA-CHAKRA - centro da própria base; o segundo centro psicoenergético do corpo, em ordem ascendente.


SVÂMIN - dono; senhor; título de respeito para uma personalidade espiritual; em inglês, escreve-se "SWAMI"


SVAPNA - sonho


SVARA - som.


SVA-RÛPA - forma própria; a natureza essencial de uma coisa.


SVASTIKA - afortunado; auspicioso; símbolo antigo do Sol, que entrou na consciência européia como símbolo de destruição. No Yoga, foi associado o centro psicoenergético do umbigo, o lugar do sol microcósmico.


SVASTIKA-ÂSANA - postura afortunada.


SVÂTANTRYA - autoconfiança.


SVAYAMBHÛ-LINGA - símbolo fálico associado ao mûlâdhâra-chakra.


SVEDA ou PRASVEDA - suor; fenômeno associado particularmente aos estágios iniciais do controle da respiração.


SWAMI - veja SVÂMIN.

<<< Volta para Glossário do Yoga

Apoio:

Yoga - Instituto União






Yoga Net | Política de Privacidade