terça-feira, 25 de maio de 2010

Yoga melhora a vida do doente com câncer

A prática regular de yoga ao menos duas vezes por semana melhora a qualidade de vida, proporciona um sono melhor, reduz a fadiga e a necessidade de tomar remédios para dormir.

Todos esses benefícios foram constatados em estudo feito com 410 pacientes com câncer (a maioria mulheres com tumor de mama). Os resultados serão apresentados em junho no congresso da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica).

Os pesquisadores dividiram o grupo em dois: metade fez aulas de yoga suave e restauradora (incluindo posturas especiais e exercícios de respiração) e a outra metade era o grupo controle.

Ao final de um mês, quem praticou yoga relatou 22% de melhora na qualidade do sono – duas vezes mais do que quem não fez o exercício.

O primeiro grupo também afirmou ter reduzido o cansaço pela metade e ter diminuído a quantidade de medicamentos usados para dormir.

“Aplicamos essas séries não apenas para pessoas com câncer, mas com outros problemas como dores na coluna, de cabeça, dores menstruais, hérnia de disco, insônia”, afirma Sandro Bosco, professor de iyengar yoga (técnica restauradora) da escola Yoga Dham.

RESPIRAÇÃO

Bosco diz que as posturas restauradoras trabalham focando na abertura do tórax para promover a expansão do aparelho respiratório e, consequentemente, promover a melhoria da respiração.

Outro foco dessa modalidade de exercícios é o alinhamento da coluna. “Trabalhar no realinhamento da coluna é como abrir um espaço para readequar os órgãos. Isso melhora a irrigação sanguínea e a oxigenação”, diz.
Bosco, que dá aula para mulheres com câncer, diz que elas fazem uma série diferenciada de exercícios em relação às outras alunas: 80% da série é focada nas posturas restauradoras.

“São exercícios com a pessoa sentada, deitada, apoiada em uma cadeira, com cobertores, almofadas. Esses objetos reduzem o esforço físico e ajudam o aluno a permanecer na postura correta por mais tempo, aumentando os benefícios”, afirma.

Para Paulo de Tarso Lima, membro do Programa de Medicina Integrativa do hospital Albert Einstein, a ioga é um instrumento eficaz na melhoria da respiração.

“Um dos grandes benefícios da ioga é que ela ensina as pessoas a “reaprender” a respirar. E as pacientes com câncer de mama têm dificuldades óbvias para respirar porque a cirurgia é no tórax, a respiração fica mais curta e tem todo um fator psicológico envolvido”, afirma.

Segundo Lima, se a pessoa aprender a respirar adequadamente, consequentemente sentirá menos cansaço e terá um sono restaurador.

“Esse trabalho demonstra, de forma clara, todos os benefícios da ioga já relatados pelos pacientes que fazem uso da terapia complementar e que não tinham respaldo acadêmico”, diz Lima.

OUTROS ESTUDOS

“Esse estudo está em linha com outros que mostram benefícios de práticas como a meditação nesses pacientes”, diz o oncologista Artur Katz, do Sírio-Libanês.

Segundo ele, um dos méritos da pesquisa é o fato de ser feita com grupo controle, o que afasta a subjetividade.
“Praticar ioga ou meditação pode ajudar a reduzir os níveis de ansiedade, que está relacionada a alguns efeitos colaterais do tratamento do câncer”, diz Katz.

“Outros exercícios, como caminhar ou nadar, também promovem benefícios semelhantes”, completa Lima.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Mestre indiano de Yoga ministra workshop em Cuiabá

Ocorre nos dias 26 e 27 de maio, em Cuiabá, das 19h às 22h, o Workshop Vivencial com o Yogacharya e médico indiano Dr. Mukund Bhole, cujo tema é a “Respiração como ferramenta terapêutica”.

O workshop é realizado pelo Centro Integrado de Autoconhecimento.

Durante o evento o mestre indiano abordará a Yoga tradicional ligada a respiração e explicada na linguagem da ciência médica moderna.

O evento consta com parte teórica, prática e experiência interna. A inscrição é de R$ 150,00. Mais informações com Enildes nos telefones (65) 9951-5060/3023-2586 ou no e-mail omsaraas@terra.com.br

Quem é Mukund Bhole

Mestre em Fisiologia e especialista em medicina esportiva o médico indiano Mukund Bhole é uma das maiores autoridades em Yoga dos dias de hoje. Desde 1960 trabalha com pesquisas cientificas ligadas a Yoga. Além de médico é professor de Yoga, Yogaterapia e literatura.

Bhole é membro do Conselho Central de Pesquisas em Yoga e Naturopatia do Ministério da Saúde da Índia e editor da primeira revista científica de Yoga (Yoga Mimansa). No ano de 1972 foi designado pelo governo da Índia à implantar Yoga nas instituições oficiais da Tchecoslováquia.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Cidade de Petrópolis promove Yoga aos domingos no Museu Imperial

Os jardins do Museu Imperial em Petrópolis (RJ) fazem um convite ao relaxamento e à prática de exercícios. Pensando em oferecer mais uma atração aos visitantes, todos os primeiros e terceiros domingos de cada mês, aulas de Yoga serão oferecidas gratuitamente. Neste mês, as aulas acontecem nos dias sete e 21, às 10h.

Organizadas pelo movimento “Todo Dia é Dia de Yoga”, as aulas são ministradas pelos professores Fábio Goulart e Soraia Noel Kreischer, com auxílio de estagiários. O objetivo é fazer com que a prática chegue ao público de forma democrática, mostrando que ela pode ser praticada por todos, sem limite de idade, bastando para isso que cada praticante respeite seus próprios limites.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Unitau forma primeira turma do curso de Instrutor de Yoga em Taubaté

A Unitau realizou a formatura de cerca de 20 alunos da 1ª turma do curso de Instrutor de Yoga, no campus de Taubaté, no último sábado, dia 17, no complexo do Bom Conselho. O curso já formou duas turmas no campus de Ubatuba.

A formatura reuniu alunos e familiares em uma cerimônia, Sat Chakra, que apresentou as principais tradições e técnicas da cultura milenar do yoga.

Com duração de um ano, o curso tem o intuito de ampliar o conhecimento da prática de yoga, aprimorar a concentração, a flexibilidade, a força muscular e a consciência corporal, por meio de técnicas como ásanas (posturas), pranayamas (reeducação respiratória) e yoganidra (relaxamento).

sábado, 17 de outubro de 2009

Brasília irá sediar o XI Encontro Sul-Americano de Yoga

Brasília irá sediar de 25 a 29 de novembro o XI Encontro Sul-Americano de Yoga. O tema deste ano será “O Papel do Yoga no mundo em Crise”.

O evento, que será realizado na LBV, tem como objetivo difundir os benefícios do Yoga para a melhoria da qualidade de vida, aproximar as várias linhas do Yoga da América do Sul, aprimorar os conhecimentos e possibilitar à comunidade fazer contato com essa arte milenar.

Entre os temas a serem discutidos estão: Yoga e saúde | – Yoga e arte | – Yoga e educação | – Yoga e ciência | – Yoga e a sociedade atual | – Yoga e religião | – Yoga e transcendência.

O seminário irá contar com a participação de especialistas nacionais e internacionais, entre eles, Carlos Moisés Garcia (Espanha), Adrian Marcelli (México), Gracia Belart (Espanha/México) além de José Ruguê, Danilo Carneiro e professor Hermógenes.

O encontro é dirigido a alunos, professores de yoga do Brasil e da América do Sul, praticantes de yoga, pesquisadores e profissionais de áreas voltadas para a saúde, educação e para a qualidade de vida em geral.

O XI Encontro Sul-Americano de Yoga é promovido pela Rede Consciência e Associação Internacional de Yoga Yoghismo (AIYY) e conta com o apoio do Ministério do Turismo.

XI Encontro Sul-Americano de Yoga, de 25 a 29 de novembro de 2009, ParlaMundi – LBV , 915 Sul – Brasília-DF. Inscrições: www.redeconsciencia.com.br | Informações: (61)3225-8973

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Unifesp encontra melhora nos níveis de ansiedade e depressão com prática de Yoga

Trabalho realizado pela pesquisadora Thais Godoy, do Instituto de Medicina Comportamental do Departamento de Psicobiologia da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo) encontrou resultados que demonstraram que os efeitos da Yoga melhoram os sintomas do humor e da qualidade de vida dos praticantes. Isso inclui significante melhoria do estado de saúde e satisfação de vida dos participantes.

O estudo verificou a eficácia da prática do Yoga como um recurso terapêutico, que pode ser utilizado como terapia complementar por qualquer indivíduo ou ainda como importante recurso nos tratamentos psicológicos ou psiquiátricos, indicados para qualquer tipo de problema comportamental.

O desenvolvimento de um programa de Yoga em um ambiente empresarial, como o executado neste estudo, sugere também que ao melhorar a qualidade de vida dos funcionários melhora também a sua produtividade. “€œO Yoga incentiva os praticantes a tomarem consciência de seu corpo e de suas tensões através de posturas físicas. Além disso, por focar o autoconhecimento, concentração e meditação, sua prática também pode contribuir para facilitar a autoconfiança e um sentimento pessoal de maior senso de controle e qualidade de vida”€, afirma Dr. Ricardo Monezi Julião de Oliveira, professor do curso de pós graduação em Medicina Comportamental, do departamento de Psicobiologia da UNFESP.

O cálculo da amostra foi realizado partindo de um projeto piloto contendo 15 indivíduos de um grupo experimental de uma empresa e 15 no grupo de controle (que não realizou a prática). Entre os diversos resultados obtidos, constatou-se que 68% dos indivíduos do grupo Yoga apresentavam índice mínimo de depressão, enquanto no grupo que não pratica apenas 39% apresentaram tal melhora. Outro dado importante foi o grau de ansiedade do grupo Yoga que apresentou grau mínimo de ansiedade (76%), sendo que os indivíduos do grupo de controle apresentaram apenas 7%.

Na comparação dos dois grupos (que praticam e os que não praticam), foram constados diferentes níveis de ansiedade antes e depois da inserção do Yoga em suas vidas. Só para se ter uma idéia, o grupo que pratica Yoga começou com 24% no nível mínimo, 52% no leve, 20% no moderado e 4% no grave. Ao final de três meses, o resultado foi de 19% no nível mínimo, 6% no leve e nenhuma pessoa mais nos níveis moderado e grave. Desta forma, concluiu-se claramente que o grau de ansiedade das pessoas diminuiu drasticamente após as práticas.

No item qualidade de vida que engloba questões relacionadas à satisfação com a vida e com a saúde, foi observada significativa melhora no final do programa, tanto para os praticantes como o integrantes do grupo que não praticaram Yoga.

Vale lembrar que a idade dos participantes variam de 20 a 45 anos de idade e a aplicação do programa com as técnicas de Yoga tiveram duração de três meses, com 50 minutos/aula para os praticantes, como para o grupo de controle, que serviu como parâmetro de comparação.

Questionários de avaliação clínica (qualidade de vida, depressão e ansiedade), com perguntas objetivas, foram interpretados por uma psicóloga da equipe de pesquisa. As técnicas de Yoga foram aplicadas em sequência estruturada, usando como referência, o Yoga Sutra de Patânjali, também conhecido como Ashtânga ou Oito Membros, onde se considera que os âsanas (postura físicas) são uma preparação para as técnicas meditativas e respiratórias, auxiliando na concentração e relaxamento ao final da prática. 
OMS afirma a importância de tratar o estresse

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o estresse afeta hoje mais 90% da população mundial. Este fato preocupa a comunidade científica, uma vez que o estresse está associado à ocorrência de diversas doenças como patologias metabólicas, cardiovasculares, gastrointestinais, distúrbios do crescimento, câncer, depressão, distúrbios reprodutivos e doenças infecciosas.

As exigências da vida moderna, aliada às pressões e tensões do cotidiano profissional afetam a condição emocional, física e mental, interferindo na qualidade de vida, fazendo com que os indivíduos enfrentem crescentes problemas decorrentes do estresse moderno. Calcula-se que atualmente, o estresse atinge cerca de 60% dos executivos, sendo considerada a doença do século. Trata-se de um problema sócio –econômico que atinge pessoas ainda jovens, em idade produtiva e que geralmente ocupam cargos de responsabilidade, diminuindo sua capacidade produtiva e consequentemente gerando despesas diretas e indiretas.

Como a Yoga é um sistema filosófico-prático, que consiste em posturas físicas e respirações para harmonização do corpo e mente, e tendo evidências de que a execução regular dessa prática proporciona ao sujeito maior flexibilidade corporal, aumento da vitalidade, redução de pânico psicológico e redução de doenças cardiovasculares, o Yoga vem sendo uma das técnicas mais utilizadas para a diminuição dos efeitos nocivos do estresse.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Cuiabá terá workshop de Yoga Tibetana

Acontece no dia 19 de setembro mais um workshop de Kum Nye (yoga tibetana), com o tema “Escutando o Coração” e será ministrado pela instrutora do Instituto Nyingma do Brasil, Rita Toledo.

“O relaxamento Kum Nye é um suave sistema de tratamento que alivia a tensão, transforma os padrões negativos, ajuda-nos a ser mais equilibrados e saudáveis, e aumenta o nosso prazer e apreciação da vida” afirma Tarthang Tulku, lama tibetano que trouxe a técnica para o ocidente, em seu livro Kum Nye Técnicas de Relaxamento. Os exercícios fundamentam-se em teorias dos sistemas de energias densas e sutis do corpo, que são a base da medicina tibetana.

Neste workshop a instrutora Rita Toledo estará dando ênfase a exercícios físicos que aliviam a tensão física do peito e das costas e exercícios de atenção consciente fundados no relaxamento do corpo e da mente, o que pode ser especialmente benéfico para os profissionais que na sua rotina produzem muita tensão na parte superior do corpo (dentistas, cirurgiões, cabeleireiros, digitadores,entre outros).

Rita Toledo, a instrutora, praticante de Kum Nye há mais de 20 anos, é diretora do Instituto Nyingma do Brasil, com sede em São Paulo, e aluna direta de Tarthang Tulku. Já esteve em Cuiabá outras vezes, e tem orientado um grupo de pessoas que se reúnem regularmente em nossa capital para este tipo de prática.

O workshop é uma oportunidade única, já que para aprender mais sobre o Kum Nye é preciso se deslocar para São Paulo e Rio onde os centros autorizados para ensino desta técnica ficam localizados.

Maiores informações pelos telefones (65) 3023-7373 ou 9907-4601.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Ribeirão Preto sedia Encontro Nacional de Yoga em Setembro

A Associação Internacional dos Professores de Yoga do Brasil realiza entre os dias 24 e 27 de setembro em Ribeirão Preto, o 11º Encontro Nacional de Yoga “Viva a natureza em você na cidade”. O evento será realizado no Cenacon – Centro Nacional de Convenções com organização do Instituto Ananda Espaço de Yoga, já a abertura do Encontro acontecerá no dia 24 de setembro, às 19h na Câmara Municipal de Ribeirão Preto.

O Encontro conta com aulas práticas e palestras de alguns dos mais renomados estudiosos do Yoga no mundo, entre eles o Padre Joe Pereira, que com o apoio de Madre Tereza de Calcutá criou a Fundação Kripa que se tornou a maior ONG de saúde da Índia, e conta hoje com mais de 50 institutos espalhados pelo país dedicados a ensinar espiritualidade, Yoga e a psicologia como forma de superar vícios e tratamento para a AIDS.

O evento é destinado ao público em geral interessado no Yoga. Mais informações e inscrições no Instituto Ananda Yoga de Ribeirão Preto, pelo telefone (16) 3625 5896

sábado, 22 de agosto de 2009

Parque em SP oferecerá aulas de Yoga de graça

Os frequentadores do Parque Villa Lobos, na zona oeste de São Paulo, vão ganhar mais uma opção de lazer. A partir do dia 29, o local passará a ministrar aulas de yoga. O projeto “Yoga no Parque”, em parceria com o Studio Omtatsat, será realizado todo último sábado do mês, das 9 horas às 10 horas. Para o lançamento do projeto, o Espaço Rasa fará uma participação especial. O grupo coordenado por Andrea Prior, dançarina, coreógrafa e atriz, apresentará uma performance de Dança Clássica Indiana, no Teatro de Arena do Parque, às 9 horas. Em seguida, terá início a prática de yoga no gramado da Ilha Musical. 

A intenção da parceria entre a direção do Parque e o Studio Omtatsat é transformar o projeto em um programa permanente, com realização da atividade orientada por profissionais capacitados da área. “As aulas são abertas ao público em geral e basta ir com roupa confortável, levar seu tapete de yoga ou uma toalha de praia. Não é necessário inscrição prévia”, explica o diretor do parque, Roberto Rosa. 

O Parque abrange uma área de 732 mil metros quadrados, possui ciclovia, quadras, campos de futebol, “playground”, concha acústica para shows e concertos e bosque com espécies da Mata Atlântica. Está localizado na Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2.001, no bairro de Alto dos Pinheiros, na região oeste da capital. A área de lazer inclui aparelhos para ginástica, pista de cooper, tabelas de “street basketball” e um anfiteatro aberto com 750 lugares. O local dispõe de sanitários adaptados para deficientes físicos e lanchonete.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Gaya Yoga Spa promove o curso de Shantala em Curitiba

O Gaya Yoga Spa promove no dia 22 de agosto, sábado, das 14h30 às 18h, o curso “Shantala: massagem para bebês”. O curso será realizada pela massoterapeuta ayurvédica com formação em Shantala, Sueli Ribeiro, e pela psicóloga Narjara Eloisa Stori.

A Shantala é um tipo de massagem milenar indiana, fortemente influenciada pelas tradições do yoga e da medicina ayurvédica. O obstetra Frances Frederick Leboyer foi o responsável por trazer a técnica para o ocidente, depois de observar uma mãe em Calcutá, de nome Shantala, massageando o seu bebê.

Indicada a partir do primeiro mês de vida, a técnica tem como objetivo promover a interação entre mãe e filho, fortalecendo o vínculo afetivo e tornando o processo de ambientação do bebê ao mundo mais confortável e natural. Segundo a massoterapeuta Sueli Ribeiro, “a técnica, que trabalha a musculatura e as articulações dos bebês, é considerada um ótimo benefício para redução e prevenção de cólicas, uma vez que acelera o processo de maturação do intestino. Além disso, os bebês que praticam a shantala têm um sono mais tranquilo, eliminam gases com facilidade e diminuem de crises de prisão de ventre”, afirma.

Além de mamães com seus bebês, os pais e familiares são bem-vindos ao curso, que pode ser realizado também por gestantes e por quem ainda não tem filhos, utilizando bonecas para a prática. A Shantala promove uma interação física, emocional, energética e espiritual.

As inscrições e mais informações podem ser feitas através do email gaya@gayayogaspa.com.br ou pelo telefone 41 3013-1115. O custo é de R$ 90 reais por pessoa ou R$ 120 por casal. Os alunos do Gaya têm preço diferenciado.