segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Semana do Yoga começa nesta segunda-feira (13) em Florianópolis

Publicado por

Tirar um dia para relaxar, refletir e dar um tempo dos problemas diários. É isso que propõe a 6ª Semana Municipal de Yoga, que começa nesta segunda-feira e vai até domingo, em Florianópolis. O evento é gratuito e levará o exercício a vários pontos da Capital.

Mais de 40 atividades, entre prática de yoga, palestras, apresentações e meditação, estão previstas na programação. A semana faz parte das celebrações do dia mundial do yoga, comemorado em 22 de setembro.

No último dia da semana, haverá um grande encontro no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Serão feitas discussões e vivências sobre a prática, palestras, mesas redondas sobre saúde integral e medicina ayurvédica.

A semana é feita por professores e alunos da Capital e as atividades são distribuídas em vários bairros da cidade. Qualquer pessoa que se interessar pode participar. Os exercícios serão voltados para adultos, idosos, grávidas e até mesmo crianças.

— Queremos que isso seja multiplicado, para que as pessoas entendam o bem estar que o exercício proporciona. É para elas pararem um pouquinho e refletirem sobre suas vidas — observa a idealizadora do evento e professora de yoga, Fabiana Budy Winiawer.

Fabiana explica que o yoga integra a mente com o corpo, para trazer harmonia ao espírito. Isso é conseguido com exercícios de respiração, postura e meditação. Apesar de ser relaxante, Fabiana ressalta que é revigorante, porque trabalha muito com a força.

— O praticante adquire equilíbrio integral, da mente e do físico. As pessoas ficam menos estressadas, desenvolvem melhor as capacidades e a autoconfiança.

Praticantes comemoram benefícios

Aos 51 anos, Carlos Umberto Pereira não sente dores, não vai a médicos, não usa óculos. Para ele, a vida saudável foi conquistada graças ao yoga. Ele procurou o exercício há 22 anos para amenizar o problema da enxaqueca. Nunca mais abandonou a prática.

A artista plástica Dinah de Aquino Weininger também consegue driblar a enxaqueca com yoga:

— Quando me vem aquela ânsia de vômito, começo a praticar um dos exercícios. A dor de cabeça nem aparece.

Foi também com o yoga que ela deu fim à insônia. Com exercícios de respiração, não teve mais dificuldade para dormir. A enfermeira aposentada, Sônia Maria de Castilhos, 64 anos, começou a praticar yoga porque a prática era oferecida no hospital público, onde trabalhava:

— Como era uma rotina muito estressante, a gente praticava para tranquilizar. Hoje, não trabalho mais lá, mas não abandonei o yoga e nem pretendendo largar.

Sobre o yoga

Ciência indiana milenar, com diversas técnicas e linhas de abordagem, o yoga integra corpo, mente e espírito. A palavra yoga vem da raiz sânscrita “YUJ”, que significa unir, juntar. Há diversos métodos de yoga. No Brasil, destaca-se o Hatha Yoga, em que “Há” representa a energia positiva e o “Tha”, a negativa. A prática busca a integração do positivo com o negativo, aprimorando o domínio do corpo com efeitos nas estruturas físicas e emocionais. Além do Hatha Yoga, há o Bhakti Yoga que é o yoga devocional feito por orações, vocalização de mantras e meditações.

Deixe um Comentário